De acordo com um novo relatório de mercado publicado pela Global Market Study on Nano-Enabled Packaging For Food and Beverages: Intelligent Packaging to Witness Highest Growth by 2020”, o mercado de embalagens com nano para indústria de alimentos e bebidas valeu US$ 6,5 bilhões em 2013 e deverá crescer a um CAGR de 12,7% durante 2014 a 2020, para alcançar um valor estimado de US $ 15,0 bilhões em 2020.

O progresso global em tecnologias está tornando a vida útil dos produtos mais simples e seguras. A nanotecnologia é um desses campos que está progredindo dinamicamente e está contribuindo para o desenvolvimento de várias indústrias, incluindo embalagens de alimentos e bebidas. As embalagens com nano permitem maior vida útil aos alimentos e bebidas em comparação com as embalagens plásticas tradicionais. A embalagem de alimentos e bebidas é feita através de duas tecnologias diferentes sob embalagem ativa e inteligente. A embalagem ativa tem um mercado comparativamente maior do que a embalagem inteligente.

A embalagem inteligente está crescendo a um ritmo mais rápido em comparação com a embalagem ativa. Os clientes preferem embalagens rastreáveis de alimentos e bebidas, pois oferecem informações como data de validade e melhor período de uso. As etiquetas de identificação por radiofreqüência (RFID) mantêm os clientes informados sobre o estado dos alimentos dentro da embalagem.A embalagem inteligente é usada principalmente para frutas e legumes, produtos de carne e bebidas. Regulamentações mais rigorosas associadas às embalagens ativas têm estimulado o uso de embalagens inteligentes na Europa e na América do Norte.

Leita o artigo na íntegra no site Observatório Fiesc através deste link.

Mercado de Embalagens Ativas com Nanotecnologia atingirá US$ 15 bi em 2020
%d blogueiros gostam disto: